sábado, 5 de maio de 2012

Postagem ESPECIAL DIVALDO PEREIRA FRANCO Pelos seus 85 anos de maravilhosa existência!


Divaldo, receba o nosso abraço neste sábado magnífico. Os teus irmãos e amigos do coração te saúdam! Muitos anos de vida, muitas felicidades, prossiga no labor sacrossanto na Seara de Jesus onde você sempre foi um notável exemplo. Parabéns a você,  nesta data querida.
Dona Anna,  mãe de Divaldo Pereira Franco


****************

Mensagem de Francisco de Assis
endereçada para Divaldo Pereira Franco


Psicografada por Francisco Cândido Xavier
em  Pedro  Leopoldo,  MG, aos   03/10/1950.

Clique aqui, minimize e continue a ler o email:



***************


Adelvair David (Jales, SP)
Parabéns, Divaldo Pereira Franco!


Divaldo
Quando nossos corações começam a adormecer para o evangelho do Cristo, Ele, o Senhor, envia-nos cantores com vozes melodiosas e inebriantes para entoar cantiga da Sua mensagem e despertar nossa alma para os deveres com o nosso próximo. És o tarefeiro que nos ajuda a permanecermos com os olhos no rumo da estrela maior, o mestre querido. Muito obrigado por toda motivação que nos proporciona, pelo trabalho incansável de peregrinação em nome da doutrina consoladora. A mim em particular, o teu exemplo tem grande significação.
Parabéns Divaldo pelo seu aniversário que muito nos honra, nesta data feliz junto aos nossos corações.
Divaldo Pereira Franco (D) com Adelvair David no
Feirão Espírita em prol da Mansão do Caminho, RJ, 1992.


***************


Adilton Pugliese (Salvador, BA)

Obrigado, Divaldo!

"Divaldo tem sido para mim, em dezoito anos de convivência e aprendizado, um mestre e um amigo, sempre surpreendendo a todos com a sua disciplina inalterável; a sua profunda fidelidade a Jesus e a Allan Kardec; a humildade; as atitudes afetuosas, acompanhadas de constante jovialidade, extravasando alegria de viver e de servir.
É uma vida vitoriosa no exercício da mediunidade com Jesus. Um exemplo e um ideal de vida a serviço da Humanidade.
**
Que Deus o abençoe amigo, na passagem do seu natalício.
Você, certamente, é o paradigma do Espírito Joanna de Ângelis, ao declarar: “A grandeza de um homem pode ser medida pela sua capacidade de serviço ao próximo, de humildade e de amor”.
Abraço fraterno
Adilton Pugliese




***************


Aloísio Silva (Guarapari,  ES)
Tributo a Divaldo Pereira Franco

Divaldo Franco é uma das pessoas mais simples e sábias que conheci. Como bom baiano é uma mistura de franqueza (faz jus ao nome) ternura e sabedoria. Sempre fui a todas as palestras e seminários que realiza no Espírito Santo. Quando Divaldo esteve em Guarapari pela primeira vez tive a honra de ser o seu cicerone. Estar com Divaldo durante dois dias foi à experiência mais extraordinária da minha vida. Conversamos desde filosofia a mediunidade, recebi dele orientações sérias ou envolvidas em muito humor, característica do maior divulgador do espiritismo na atualidade. Divaldo conta piada sabia? Uma delas uso até hoje em minhas palestras (citando a fonte e com a autorização do autor). Divaldo Franco-Médium: A série psicológica dos livros da Joana de Angelis, foram fundamentais para construir o expositor espírita e professor universitário que sou (Professor de Filosofia e Psicologia. Divaldo representa um marco na qualidade da exposição espírita. Jesus abençoe este ser extraordinário que neste 5 de maio completa  85 anos de existência terrena recheados de dedicação e exemplo. Também não podemos nos esquecer neste 2012 dos 65 do Caminho da Redenção e dos 60 da Mansão do Caminho. Saiba, Divaldo,  que suas palavras ecoam por todos os recantos do Brasil nas vozes de jovens e adultos espíritas.


Divaldo Pereira Franco
Seminário numa 2ª. feira à noite para 1100 pessoas
Guarapari, ES





***************

Altamirando Carneiro (São Paulo, SP)
Avante,  Divaldo!

Avante, Espírita, avante,
Que vós sois o sal da Terra!
Espalhemos da Doutrina,
Os tesouros que ela encerra!
Na América, na Índia, Espanha,
Portugal, França, Alemanha,
Promovei uma campanha,
Inclusive na Inglaterra!
                       
(Na Era Espacial;  Castro Alves - Espírito; Jorge Rizzini - Médium)
Avante, Divaldo. E que possamos viver este dia feliz por muitos anos
Altamirando Carneiro

Divaldo Pereira Franco
Formatura como Professor Primário ano de 1943


***************


Ana Maria Spränger Luiz (Rio de Janeiro, RJ)
Amado Divaldo,

Paz ao teu coração!
Nesse dia 05 de maio de 2012, quando comemoramos mais uma primavera em tua iluminada passagem pelo planeta Terra, eu , Isac, Claudia, Isabela e demais familiares, te desejamos, do âmago dos nossos corações todas as alegrias e felicidades.
Agradecidos, perenemente, por tudo que nos tens ensinado nesses muitos anos de convivência fraternal.
Sensibiliza-nos, a tua constante presença, a nos incentivar quando de nossas dificuldades, doenças, aflições e dúvidas do caminhar evolutivo, soerguendo-nos, recarregando-nos de energias salutares, o que nos faz, incontinenti, levantar.
Ao conhecer-te e partilhar da tua sincera amizade se nos descortinou vida nova, e Vida em abundância.
Por tudo isso, pelo teu carinho incondicional, te desejamos mil venturas nesse dia de luz e harmonia.
Jesus, Nosso Modelo e Guia continue a te iluminar as palavras.
Deus te guarde do mal dos maus!
Ana Maria Spränger Luiz 
Rio de Janeiro, 25 de abril de 2012



***************

André Luiz Ruiz (Campinas, SP)
Minha saudação para  Divaldo Pereira Franco


"Prezado Divaldo
  
Que pena que você não vai ler esta saudação que lhe encaminho.
Fazer 85 anos não é fácil, não é mesmo?
Muitos, nessa idade, já perderam o controle mental para realizar leituras.
Muitos estão em asilos, entre fraldas e babadores, diante de um bolinho de aniversário sem entenderem mais nada da vida.
Outros, ainda, são do tempo da caneta tinteiro e do borrador, do mimiógrafo e do gasogênio. Computador?  
É uma pena que você não tenha condições de ler estas linhas que lhe dirijo, pois fazer 85 anos não é para qualquer um.
Nessa idade, muitos já não enxergam mais o suficiente para a leitura das letras graúdas, que dizer, então, das miúdas.
Outros já não conseguem mais segurar o jornal ou o livro e só podem receber notícias se alguém as lê para eles. No entanto, aos 85 anos, mesmo com essa ajuda muitos não aproveitam a leitura que lhe fazem porque não escutam adequadamente. E se escutam, como lhes explicar o que é MÍDIA, DOWNLOAD, INTERFACE, TERABITES, OTIMIZAÇÃO, e outras novidades?
No entanto, Divaldo, fico muito feliz que você não tenha condições de ler esta modesta saudação.
Que não a lerá porque o trabalho não te dá tréguas.
Que seu tempo é escasso diante de tantas sementes amorosas a espalhar pelo mundo.
Que os minutos perdidos com este texto, são furtados a algum espírito que, certamente, poderá explicar as Verdades Eternas a milhares de leitores.
Sei que não lerá porque  não lhe sobra ensejo mesmo para chorar no anonimato, como nos relata sua história do suicida do trem. Que você, em tantas décadas de compromissos e tarefas muitas vezes só tinha o tempo de descanso que o trem, ônibus ou avião lhe concediam porquanto, chegando aos destinos, o trabalho sempre o sequestra.
É, Divaldo, os espíritas de hoje cresceram ouvindo suas palestras e exemplos, mas muitos de nós ignoramos quanto lhe custou, em nome do idealismo e da fidelidade a Jesus, cada um destes 85 janeiros.
Hoje somos a geração "data Show", microfone, cd e dvd, Ipod, Internet, Vídeo Conferência, etcetcet.
Você, que chegou até aqui vindo dos tempos da "jardineira", da Maria-fumaça, do telégrafo e da lamparina assimilou todas estas inovações, usando-as com o primor com que muitos jovens não o fazem.
Por tudo isso e muito mais - que aqui não escrevo porque você não vai ler mesmo - peço a Jesus que o sustente nas inúmeras moratórias que já lhe foram concedidas para que todos nós possamos continuar aprendendo com seus exemplos e tentar viver sob os valores morais como você tem demonstrado ser possível.
E aproveitando a mesma oração pelo seu natalício, peço a Deus que nos conceda sabedoria e vontade para que, nos nossos 30, 40, 50 e até 60, consigamos guardar a "ânima" de seus 85.
Tudo bem, Divaldo, eu sei que a fila dos autógrafos está grande, que o avião já está chegando, que o carro o espera para o próximo compromisso, que o horário da palestra o convoca.... tudo bem...eu sei que esta é a melhor estratégia para enganar a morte.
Afinal, quando ela chega prá buscar o candidato, ele já foi prá outro compromisso.
Que assim seja por muitos e muitos anos.
Com carinho
André Luiz Ruiz"

Divaldo Pereira Franco, quarto a partir da esquerda, em histórica
 visita ao campo de concentração de Auschwitz
Foto de Jorge Moehleck


***************


Antonio César Perri de Carvalho (Brasília, DF)
Feliz aniversário, Divaldo


"Parabéns Divaldo, pelo significativo natalício. Recordamos que, coincidentemente, há 50 anos nos conhecemos durante visita sua a Araçatuba, local onde tivemos a felicidade de frutífera convivência como seu anfitrião. Com fraternal abraço, Antonio Cesar Perri de Carvalho, vice-presidente da Federação Espírita Brasileira"

César Perri e Divaldo Pereira Franco. Araçatuba Clube, 1987.
Lançamento do livro Em Louvor à  Vida”


***************


Ariovaldo César Júnior (Araraquara, SP)

Muitas felicidades Divaldo!

Caro Divaldo,
Nesta data tão significativa para você e para todos nós, queremos cumprimentá-lo pelo aniversário, e agradecê-lo pelo trabalho incansável que realiza em benefício da nossa Doutrina, amparando milhares de criaturas pelo mundo todo!
Que Deus te abençoe, amigo. Continue espargindo o amor com a serenidade e a responsabilidade de sempre.

Therezinha Oliveira;   Maria Cristina Rehder, esposa de Ariovaldo César Jr.; Mirian Oliveira, irmã da Therezinha,  e  Divaldo Pereira Franco. Foto de 1977 no Ginásio de Esportes de Santo André. Embora todos morassem em Campinas, viajaram para ouvir Divaldo.  O orador naquela época,  quando ia a Campinas,   ficava hospedado na casa da Therezinha. Ele é,  para quem não sabe, excelente cozinheiro e fazia deliciosos pratos baianos, inesquecíveis. Verdadeiro chef de cuisine. (Ariovaldo)


***************

Célia Xavier Camargo (Rolândia, PR)

Parabéns, Divaldo, muita saúde e paz

Querido Divaldo,
Queremos nos congratular com você pela passagem de mais um aniversário. Mais do que isso, desejamos parabenizá-lo por todo seu esforço nobre a serviço do Bem: pela divulgação do Evangelho de Jesus e da Doutrina Espírita através da palavra e dos livros psicografados; pelo esforço na obra gigantesca de assistência a grande quantidade de crianças e jovens na Mansão do Caminho; pelo seu carinho com as gestantes e por tudo o mais que tem realizado com sacrifício da própria saúde. Então, diante de tudo o que você representa para nós, só podemos lhe dizer: Muito obrigado!
Célia e Joaquim 

O conferencista Divaldo Pereira Franco tendo à sua direita Miguel de Jesus
 Sardano em evento na  cidade de São Paulo


***************

Centro Espírita Cairbar Schutel (Ilha Solteira, SP)

Amigo Divaldo, Feliz aniversário!

Aproveitando essa data tão especial queremos dizer:
obrigada por tudo que você nos oferece através da sua vivencia e de suas palavras, principalmente nesse período de transição pelo qual o planeta Terra está passando!!!
orações esclarecedoras e consoladoras, nos confortando e nos assegurando que em tudo há um propósito.Por meio de seu trabalho edificante, os nossos corações recebem gotas de luz e de esperança de dias melhores.Como nosso amigo Chico se referia a você: "Que ele tem uma estrela na boca, que sua estrela esteja sempre a brilhar por todos nós".
Todo o seu trabalho é muito importante em nossas vidas, com os livros psicografados, suas mensagens e   

Divaldo Pereira Franco autografando livro para Roseli Viudes Parra dos Santos Ilha Solteira, SP


***************


Centro Espírita Humberto de Campos (São Luís, MA)

Feliz Aniversário,  Divaldo, nosso muito obrigado por tudo!

Todos nós, que fazemos o Centro Espírita Humberto de Campos-CEHC, de São Luís-MA, parabenizamos Divaldo Franco, o querido irmão de caminhada,  nesta data especial, oferecendo como humilde presente de aniversário a nossa mais sincera gratidão por toda a riqueza de conhecimentos que sempre pudemos sorver da sua profícua e dedicada contribuição sobre a Terra, nesta sua encarnação iluminada! Brilhe ainda mais a tua luz, Divaldo, e por muito mais tempo entre nós! Feliz Aniversário!
Luz e Paz!
Centro Espírita Humberto de Campos-CEHC
Av. Projetada, s/n - São Cristóvão II - São Luís-MA - 65.099-110
Tels.: 98.3236.6468 / 9157.4899 (falar c/Lourdes)
centroespiritahumbertodecampos@gmail.com


Divaldo Pereira Franco em encontro realizado em Florianópolis, SC em 2011

***************


Charles Kempf (Belfort, França)

Joyeux anniversaire Divaldo

Cher Divaldo, merci infiniment pour tout ce que tu as fait et pour tout ce que tu fais pour la cause notre notre cher codificateur Allan Kardec, tout au long de ta présente incarnation sur notre planète. Tes actions et ton travail infatigable sont un exemple et un encouragement pour nous tous, qui luttons pour l'amélioration de l'humanité en cette période de transition de la Terre vers un monde de régénération, où les valeurs éthiques et spirituelles prendront peu à peu le dessus sur les anciennes valeurs matérialistes dominées par l'égoïsme et l'orgueil.
Je t'adresse ainsi mes meilleurs voeux de bonheur et de santé à l'occasion de ton 85° anniversaire, en espérant te revoir bientôt parmi nous sur les terres du Codificateur.

Divaldo Pereira Franco (E) e Charles Kempf
Participando do II Taller  Espírita Internacional,  em Cuba, abril de 2008


***************


Confederação Espírita Argentina (Buenos Aires, Argentina)

Amor y gratitud a nuestro querido Divaldo



Sábado 5 de mayo de 2012: Amor y gratitud a nuestro querido Divaldo.

“¡Qué divina caridad es ayudar a una pobre criatura abandonada, evitar que padezca hambre y frío, y orientar su alma para que no se pierda en el vicio! Quien tiende la mano a un niño desamparado es grato a Dios, porque comprende y practica su ley.” (“El Evangelio según el Espiritismo, Cap. XIII, § 18.)

Querido Divaldo: este día 5 de mayo, y en el año en que el movimiento espírita argentino festeja con alegría el 50º aniversario de tu primera conferencia dictada en la República Argentina, en coincidencia con tu primer viaje doctrinario fuera del Brasil, el Consejo Federal y la Comisión Directiva de la Confederación Espiritista Argentina te saludan con todo amor y gratitud por tus hermosos 85 años de vida en la Tierra, llenos de abnegación y de servicio al Consolador que prometió Jesús. ¡Dios te bendiga!




***************


Donizete Pinheiro (Marilia, SP)

Divaldo Orador

Há tempo não se ouvia
Palavra assim inspirada,
Falando à Humanidade
Agora já  muita cansada
Das dores de toda idade.

O verbo em eloquência,
À tribuna iluminada,
Enaltece o amor divino,
Conforta a alma extasiada
Ao som de sublime hino.

Do mundo e da espiritualidade
Lições jorram em abundância,
Energias renovam a alma,
Emocionam, dão paz e calma
E libertam da ignorância.

Divaldo Pereira Franco
Cumpre missão de luz,
Semeia estrelas onde passa
Põe amor na argamassa
Na obra do Mestre Jesus.

Donizete Pinheiro apresenta Divaldo Pereira Franco em conferência na cidade de Marilia, SP


***************

Elsa Rossi (Londres, Reino Unido)

Parabéns, Divaldo, muito obrigada!

Nos seus 85 anos, um belo porte.
Andar tranquilo, um sorriso contagiante, aprovando sempre com os olhos, nos encorajando a prosseguir, reforçando nos nossos corações a vontade de ajudar e nos dando apoio no reforço de aprendizado re-aprendendo a ser feliz com a vida que cada um de nós temos nesta encarnação, nesta existência.
Nas horas vivenciadas nos trens na Europa, com muitos a sua volta, e cada qual sentindo-se seu “amigo íntimo” confidente, pai, irmão, tio, assim vimos nestes anos, tendo a oportunidade e a graça abençoada de também sermos “sua filha”, tendo no seu ombro amigo, amparo para muitos diálogos da rotina da vida.
Não consigo deixar de pensar em versos musicalizados, quando me foi concedida a oportunidade também de homenageá-lo no seu aniversário. Sendo assim, querido amigo, pai Divaldo, deixo meu coração escrever, ao som de meus pensamentos, e a inspiração que nunca nos tem faltado.
Espalhando na trilha dos dias
Flores em formas de amor aos seus
Sempre sorridente, caminhando com alegria,
La vem e vai Divaldo, espelhando o amor de Deus.
Elsa Rossi – Maio de 2012
Londres-UK

Elsa Rossi ladeada por  Divaldo Pereira Franco (E)  e José Raul Teixeira
na visita ao túmulo de Allan Kardec, no Cemitério Pére Lachaise,
Paris, França.


***************


Enrique Eliseo Baldovino (Foz do Iguaçu, PR)

"Sempre querido Divaldo:  Muita Paz com Jesus!

"Oito décadas e meia são uma marca notável na existência de alguém tão especial, principalmente se 66 anos desses 85 foram dedicados integralmente a Jesus, na qualidade de excelente servidor que atinge com êxito espiritual o mediunato (missão dos médiuns), na feliz conceituação de Allan Kardec, exarada em O Livro dos Médiuns.

    "Receba, estimado Benfeitor, de todos os amigos da Terra das Cataratas, toda a nossa sincera gratidão e respeito daqueles que tanto o amamos e que desejam vê-lo e revê-lo a cada oportunidade que o Mestre permita que escutemos a sua abençoada palavra,  Divaldo, impregnada da autoridade do exemplo, vivenciado em todos esses anos de abnegação e sacrifício em prol da nossa veneranda Doutrina Espírita.

    "Saber que Divaldo Pereira Franco é Cidadão Honorário de Foz do Iguaçu, desde 2009, é para nós, iguaçuenses, a maior honra, pelo reconhecimento de toda uma cidade que está perto de cumprir o seu 100º aniversário de fundação em 2014.

    "É por isso, que a melhor homenagem que acreditamos seja feita ao nosso caríssimo Divaldo, seja a de lembrar aqueles enlevados momentos em que lhe entregamos, com a emoção de todo o nosso coração e da de milhares de iguaçuenses, o maior reconhecimento que é dado em nosso município àquele que se destaca pelos seus elevados valores morais, como o amigo continua destacando-se, incansavelmente.

    "Receba, querido Divaldo, o nosso carinhoso abraço de infinita gratidão, pela sua dedicação e sacrifício de tantas décadas, em favor do Consolador prometido por Jesus".

    "Com o afeto de sempre,

    "Enrique Eliseo Baldovino".

Divaldo Pereira Franco, no centro,  com Enrique E. Baldovino, à esquerda, 
no lançamento do livro “Sublime Expiação”,
 em  espanhol “Sublime Expiación”,  ditado  pelo espírito Victor Hugo, 
através da psicografia de Divaldo. Baldovino, argentino 
 residente  no Brasil, foi o tradutor.   A foto é do 6º. Congresso Espírita 
Mundial em Valência, Espanha, no ano de 2010


***************

Franciscans Spiritist House (Sydney, Austrália)




Mensagens para Divaldo Pereira Franco em seus 85 anos


 Divaldo, mesmo pela distancia física que nos separa, sinta meu abraço (do meu tamanho) e os meu parabéns pelos seus 85, ops, 32 anos, afinal você é mais novo do que eu!!
Que Deus lhe dê muita saúde e sabedoria, pois além de um maravilhoso ser humano, você se tornou um exemplo para muitos de nós.
Que você aproveite muito seu aniversário.
Um abraço grande
Carlos Augusto Ghiselli,  da Austrália.


Carlos Ghiselli (E) e Divaldo Pereira Franco



 Querido Divaldo,
nesse dia tão especial, precisamos agradecer a Deus nosso pai por ter concedido você a vir nesta vida para nos dar tantos bons exemplos e nos encher com os seus ensinamentos. Muito obrigada pela assistência a nossa Casa Espirita Franciscanos . PARABENS  a você. 
Cristina Capobiango e Vinicius Melo "


Divaldo Pereira Franco proferindo conferência em Sydney, Austrália


 Dia 5 de Maio, você estará aniversariando e completando seus 85 anos de vida.
Eu peço ao Nosso Criador que te conceda muitos e muitos anos, para que possamos usufruir mais  um pouco do que você nos tem propiciado: o amor incondicional, a amizade sincera, o carinho e os ensinamentos que nos permitem melhor compreender a Doutrina Espirita 
Você,  Divaldo , tem sido o meu professor, o  meu “Kardec número 2”.
Agradeço-te, por tudo que com você tenho aprendido, pelo socorro nas  minhas dúvidas, nas dificuldades e nas horas sofridas,  valendo-me por um anjo tutelar que me repõe as energias, me coloca novamente de pé, me incentiva a prosseguir na caminhada. 
Você,  meu irmão , já secou muitas vezes as minhas lagrimas, oferecendo-me suas palavras na condição de lenço. Obrigada,  meu querido, para mim você e o amor, o imbatível amor.Gostaria de poder escrever lindo, dizer exatamente o que o meu coração diz neste momento, mas, como não sei escrever bonito, vou expressar o meu sentimento de outra forma.Dia 5 de Maio, estarei preparando um lindo bolo,  e bem gostoso, feito com alegria, para comemorar teu aniversário. Já convidei todos os Franciscanos e Clarissas,  além de todos que participam de  nossa casa espirita, quando todos irão cantar o “Parabéns a você”, enviando-te amor, vibrações de paz, de saúde, de alegrias e de felicidades, porque você merece.Di, tenho certeza que  deste  pedacinho de terra incrustado no Planeta Terra, chamado Austrália, muitos corações que te amam farão  subir aos Céus, um facho de luz em tua direção, ai na Mansão do Caminho. Te segura bem tá?Di, em pensamento estarei ai com você e com todos que te rodearão, participando da alegria que estará emanando de todos os corações.Feliz AniversarioRecebe o meu carinhoso abraço
Gloria Collaroy
Sydney, 21 de abril de 2012.

Gloria Collaroy e Divaldo Pereira Franco. Sydney, Austrália

 Divaldo,
Gostaríamos de parabenizá-lo pelos 85 anos e desejar que continue sempre firme e vigilante nesse trabalho tão importante para com a nossa Doutrina.
Receba nossas vibrações de amor. 
Um abraço muito apertado,
Graham e Marcelo


Grupo de trabalhadores da Casa Espírita Franciscanos na festa do 7º. aniversário de fundação


 Tio Divaldo, o quão privilegiados somos por Deus ter permitido a sua presença entre nós nesta reencarnação. E e' por isso que quero agradecer ao Pai e homenagear o dia em que ele permitiu a sua vinda à Terra, para disseminar a mensagem espírita e exemplificar o amor ao próximo. Que o nosso Mestre Jesus e Joana, possa fortificar seus passos dando-lhe saúde, coragem e muitos anos de vida, para que assim continues a sua linda obra e lição de vida. Deus o abençoe e o proteja, tio Divaldo. Feliz Aniversário de quem o ama e admira sempre...Beijão ..Jacky Sewell

Nedra, Divaldo Pereira Franco e Glória Collaroy

 Querido Divaldo,
E com o coração repleto de amor que eu agradeço a Deus o privilégio de um dia ter conhecido um homem que traz ao mundo a luz da espiritualidade. Nossa mãe Joana esta unindo seus filhos nesta casa e você, Divaldo e o laço que nos une com suas palavras.
Feliz aniversario, uma humilde irmã,
Monica Calado

Conferência por Divaldo Pereira Franco,  no ano de 1956,
no Instituto de Belas Artes de Porto Alegre, RS, Brasil. Foto do arquivo de Jorge Moehlecke


 Querido Divaldo,
 Receba nesta data especial os meus melhores pensamentos de saúde, amor e paz.  Obrigada pela palavra consoladora e de incentivo no caminho reto e pela jovial alegria com que sempre nos brinda com sua presença. Que os nossos Amigos o envolvam com muita luz e proteção.
Um carinhoso abraço,
Rita Giovana M. Ferraro

Divaldo com trabalhadores da C.E. Franciscanos em Sydney, Austrália


 "Divaldo, que o nosso bom criador derrame bênçãos de Luz, Paz e Amor em sua alma hoje e sempre. Parabéns!. Wahib & Kylie Salha.



Festa dos 85 anos para Divaldo Pereira Franco na C.E. Franciscanos, Sydney, Australia



***************


Francisco Aranda Gabilan (São Paulo, SP)

Obrigado, Divaldo. Agradeço a Deus por ter vivido no seu tempo

Caríssimo Seareiro Divaldo Franco:
Quando me ponho a pensar sobre a dádiva da existência encarnatória nos dois últimos séculos  --  o passado, em que nasci, e o presente, em que ainda vivo  -- sinto-me orgulhoso de neles terem existido expoentes da inteligência, da ternura e da fraternidade, agindo em prol do desenvolvimento da humanidade – um Gandhi, um Luther King, uma Madre Tereza de Calcutá, um Einstein, uma Irmã Dulce, um Francisco Cândido Xavier...
Por ocasião do seu aniversário neste 2012, querido amigo, venho alinhar àquele luminoso rol seu nome como incansável lidador da seara espírita, agradecendo ao Pai da Vida a oportunidade de tão proveitosa e amorável contemporaneidade.
Abraça-o o admirador e (permita-me) o autodenominado aluno,
Francisco Aranda Gabilan.


Divaldo sendo entrevistado em intervalo de Jornada no Rio Grande do Sul.
Foto Jorge Moehlecke


***************

GECE e GEEAD – Dubai, Emirados Árabes

Divaldo, os amigos espíritas de Dubai te saúdam!

Amigo e Professor de jornada Divaldo, nós aqui das terras áridas ainda estamos rememorando e aproveitando toda os ensinamentos que nos deixastes em nosso 2o. EFEOM - Encontro de Filosofia Espírita do Oriente Médio. Lembro-me que há dois anos, ja comemorávamos porque conseguistes chegar a Dubai, também época de seu aniversario, mas o presente divino fomos nós que recebemos. E hoje comemoramos mais um ano de sua doce presença conosco!
Que a Paz de Jesus esteja sempre contigo abencoando toda a tua caminhada em nome do Progresso da Humanidade. Com carinho aguardamos teu retorno no proximo aniversario".
Dos amigos alunos do Oriente Medio - 
GECD Grupo Espirita Cristao Despertar; 
GEEAD Grupo de Estudos Espiritas de AbuDhabi

Divaldo com os trabalhadores espíritas de Dubai.em 11 de fevereiro de 2012
À frente da esquerda para a direita: Cesar, Maura, Patricia, Divaldo, Carolina, Isabel
Na segunda fila na mesma ordem: Michelle, Mirna, Nalva, Rinaldo, Carla, Luciana, Francisco, Renata e Antonio

(Recebido em email de Patricia Farias GECD - http://espacodespertar.blogspot.com)


***************



GEEAK Grupo de Estudos Espíritas Allan Kardec (Copenhagem, Dinamarca)

Saudação para Divaldo

Caríssimo Divaldo Franco
Gostaríamos de parabenizá-lo pelo aniversario de 85 anos. Sua vida tem servido de exemplo à muitos e grande tem sido a sua ajuda aos grupos espíritas escandinavos.
Nos do Geeak Dinamarca nos inspiramos na sua conduta moral e conhecimento como formas seguras de bem trabalhar. Muito obrigado!
Muita luz e paz,
Geeak-dk

(Recebido em email de geeak_dk@hotmail.com)


***************


Gislaine Pascoal Yokomizo (Jacareí, SP)

Muito obrigada Divaldo!

Venho lhe oferecer o meu muito obrigada por ter participado de minha existência e trazer tanta luz às nossas vidas!
Parabéns pelos seu 85 aninhos =) de vida!!!Que Deus te abençoe muito. Pode ter certeza que você fez e faz MUITA diferença em várias vidas inclusive de minha família, mesmo não nos conhecendo pessoalmente! Parabéns mais uma vez!!!
Abraços fraternos
Gislaine

Divaldo Pereira Franco em Mannheim, Alemanha. Foto por  Jorge Moehlecke



***************


Grupo Espírita Caminho da Luz (Long Branch, EUA)

Saudação para Divaldo

Aqui vai nosso abraço para o incansável Divaldo Franco do Grupo Espírita Caminho da Luz, de Long Branch, NJ, Estados Unidos, também nosso agradecimento por tudo o que ele representa ao Movimento Espírita, principalmente a todos nós que nos encontramos distantes da Pátria Amada.

E para nossa felicidade, em sua última visita aos Estados Unidos, quando proferindo brilhante palestra em Newark ele se comprometeu a voltar às "Terras do Tio Sam" em futuro, talvez não muito próximo, seja como Divaldo, seja em sua futura reencarnação.

A partir da esquerda: Nilson, Divaldo, Themis Tavares, Isabella Tavares, André Cabral e Marcos Miranda


***************

Institución Espírita “JUANA DE ANGELIS” (Buenos Aires, Argentina)

Divaldo, amigo e Hermano, recibe nuestra gratitud


La gratitud es el sentimiento digno que debe estar vigente
en el hombre que recibe beneficios de la vida.
                                         
                                                             Juana de Angelis
           
Y es como dice la venerable y amada Juana de Angelis, recibe nuestra gratitud unida al gran cariño y respeto que sentimos por ti, querido hermano y amigo Divaldo P. Franco, médium y orador brillante de la Doctrina Espírita.
Por ello es que los integrantes de la Institución Espírita “JUANA DE ANGELIS” de Buenos Aires-Argentina, te deseamos en este 5 de mayo, día de tu cumpleaños número 85, toda la ventura y felicidad, que no dudamos que el Mundo Espiritual te proporcionará, por muchos años más.
Que el Dulce Nazareno acompañe por siempre tus pasos y los Espíritus de Luz  iluminen tu maravillo sendero, esclareciendo mentes y consolando corazones.

Tus hermanos
JUANA DE ANGELIS”
Buenos Aires – Argentina



***************


Isabel Porras González (Málaga, Espanha)

Divaldo, um abraço com muita paz...



Querido Divaldo, obrigada por todos estes anos de dedicação, de extrema entrega, por todas as vezes que pude te dar a mão e as ocasiões em que te pedi conselhos. Sempre te sinto perto e desejo que cumpras muitos anos mais para nos deleitar com tuas palavras, teu fino humor e teu sorriso. Que Deus te abençoe hoje e sempre. Quer-te... Isabel Porras.

Divaldo Pereira Franco, segundo a partir da esquerda, abraçado a  Isabel P. Gonzales


***************

Ismael Batista da Silva  (Guaxupé, MG)

Obrigado por tudo, Divaldo. Parabéns pelos 85 anos de vida!


Querido Divaldo, parabéns pelos 85 anos de vida física e por todos os que foram entregues totalmente a serviço de Jesus através da doutrina espírita.
Lembro-me, com imensa saudade, de todas as vezes que você esteve na nossa querida São José do Rio Pardo e cidades vizinhas. Sua passagem por nossas terras sempre deixaram rastros de muita luz a brilhar até hoje, mas uma, nunca irei esquecer. Foi quando você esteve em Rio Pardo para inaugurar o Grupo Espírita Samaritano na parte da manhã e realizar uma palestra à noite.
Duas semanas antes da sua vinda, um benfeitor espiritual me deu uma tarefa que eu achei impossível de cumprir: pediu-me que eu comprasse o horário de esporte da rádio local, que, por muitos anos, todos os sábados, era levado ao ar das 11h00 às 13h00. Pensei: apresentadores e proprietários católicos, apostólicos e romanos como são, como vou conseguir isso?
Para  minha surpresa, liberaram o horário sem muitas dificuldades. transmitimos ao vivo da casa espírita recém- inaugurada um Pinga Fogo dando oportunidade de você falar dos maiores entraves que o espiritismo encontra numa sociedade extremamente católica como a nossa, com escola de padres e tudo mais. Você foi tão sensacional, que passados mais de vinte anos, até hoje, muitas pessoas se lembram do evento. Foi tão determinante para o nosso movimento local que podemos dizer que o movimento espírita de São José do Rio Pardo tem duas fases: uma antes do Pinga Fogo com Divaldo e outra depois do Pinga Fogo. Foi nessa oportunidade, também, que você me entregou um recado da benfeitora em relação ao meu singelo trabalho de expositor espírita pelas estradas da vida.
Deus te abençoe sempre, meu irmão! Que Jesus e seus diletos benfeitores estejam sempre junto de você, te protegendo e intuindo-o nas lições imorredouras que você tem entregue à nossa humanidade.
Obrigado por tudo!  
Ismael Batista da Silva – Guaxupé, MG

Divaldo Pereira Franco na Mansão do Caminho, Salvador, BA.  Foto Jorge Moehlecke


***************


Ismael Gobbo (Araçatuba, SP)

Parabéns, Divaldo Pereira Franco -  Embaixador da Paz !


Divaldo, nesta data tão significativa para você, e para nós também, assinalando o teu reingresso na vida corporal, em Feira de Santana, na querida Bahia, há 85 anos atrás, queremos externar-lhe todo nosso reconhecimento pelo que de ti recebemos, através dos livros, das conferências, das entrevistas, dos emails, e, também e sobretudo,  pelo seu exemplo. Este sim tem falado e fala mais alto. E você dele tem dados mostras na vivência do  dia-a-dia,  sempre, externando-o concretamente pela dignidade, honestidade, tolerância, paciência, postura altiva, coerência, fidelidade e amor incondicional ao próximo e a Deus.
Afiançamos-lhe que nossas palavras são permeadas pela mais absoluta sinceridade, saem do coração, espontâneas e umedecidas pelas lágrimas da gratidão.
Continue como você sempre foi, Divaldo, movido pela inesgotável vontade de servir na Seara onde o grande administrador é Jesus. Você tem sido, reiteramos,  um seareiro-exemplo na grande vinha do Senhor.
Um abraço comovido,  amigo e irmão  Divaldo Pereira Franco, extensivo à plêiade de espíritos amigos que te secundam diuturnamente no ministério do amor a que te lançastes.
Felicidades para ti, hoje e sempre, baluarte da divulgação do Espiritismo pelo Brasil e pelo mundo.

Foto na manhã do dia 22 de abril de 1973, no encerramento da 16ª. COMENOESP, quando
Divaldo participou de uma entrevista com ampla participação dos presentes.  A partir da esquerda:
Ismael Gobbo, César Perri, Therezinha Oliveira, Divaldo Pereira Franco e Israel Antonio Alfonso.



***************

Jamiro dos Santos Filho (Araguari, MG)

Ao nosso amigo Divaldo

 Amigo, você completa neste dia mais um ano de vida, mais um deles dedicado ao Nosso Senhor.
     Sabemos que você é um grande semeador, e vai pelo mundo todo espalhando as sementes do Evangelho, da esperança e do amor.
     Não quero aqui tentar enumerar suas realizações em livros, palestras, entrevistas, viagens ou de sua maravilhosa obra em Salvador. Suas realizações são grandes demais e falam por si mesmas. Tudo isso nossos olhos enxergam, os jornais noticiam e os livros contam. Minha intenção é falar do que é invisível,  daquilo que ninguém vê e do fato que não é notícia.
     Nessa manhã, eu me ponho a pensar em sua mais linda obra, talvez aquela que te faz maior, quem sabe seja a sua melhor palestra, ou talvez o seu mais lindo livro. Quero falar dos corações que você modificou.
     Em todos esses anos de sua intensa e ininterrupta atividade com Jesus, torna-se impossível falar em quantas vidas você salvou ao evitar, por exemplo,  o suicídio dos desesperados. Impossível enumerar os corações retirados da depressão, da angústia e da solidão. Não há como contar os destinos modificados por sua palavra clara e amorosa. Não tem jeito de saber das vidas retomadas para o caminho da esperança e da alegria. Não há forma de analisar quantas vidas foram redirecionadas depois que essas pessoas te ouviram.
     Amigo querido, sua obra no mundo certamente ficará registrada em fotos pelo mundo, em prédios edificados em Salvador, nas imagens das TVs e no papel de centenas de livros que você foi o intermediário ou que contam de sua vida exemplar.
     No entanto, penso que o maior registro de sua passagem por aqui ficará mesmo em nossos corações. E isso é para a eternidade, ninguém conseguirá apagar. Feliz somos nós que vivemos no seu tempo e que ouvimos tua voz inflamada e repleta de sabedoria. Feliz somos nós por você ouvir nossas dores, nossas dúvidas, nossos receios, e bondosamente nos aconselhar, mostrar caminhos e se fazer de irmão.
     Certamente, hoje Nosso Senhor enviou seus Anjos Tutelares para trazer até você as flores mais perfumadas do jardim dos céus. E essas flores não trazem espinhos, apenas perfumes.
     E aqui, todos juntos, como se fosse um grande coração, enviamos até você nossa mais sentida e sincera gratidão - obrigado, amigo Divaldo. Jamiro Filho.

Divaldo Pereira Franco sendo entrevistado por Dr Mendes Ribeiro na TV Gaúcha na década de 1970
Foto gentilmente cedida por Jorge Moehlecke para este trabalho.


***************


José Antonio Luiz Balieiro (Ribeirão Preto, SP)

Feliz aniversário amigo Divaldo

CARINHOSAMENTE CUMPRIMENTAMOS DIVALDO PEREIRA FRANCO PELOS SEUS 85 ANOS DE
VIDA ENTRE NÓS, ONDE AMIZADE, DEDICAÇÃO, SOLIDARIEDADE, EXEMPLOS E
PRESTEZA FORAM CHAMAS QUE ALIMENTARAM A CONVIVÊNCIA E O APRENDIZADO
CONJUNTO.O NOSSO RECONHECIMENTO E GRATIDÃO AQUI REGISTRADOS SÃO ANELADOS
POR NOSSO RESPEITO, CARINHO E IMENSA ADMIRAÇÃO.FELIZ ANIVERSÁRIO AMIGO!


Divaldo Pereira Franco autografando livro de sua psicografia


***************


José Medrado (Salvador, BA)

Parabéns, Divaldo!

O mundo espírita saúda, no dia de sua vida, o médium Divaldo Franco. A ele, referência de orador e médium para milhares de companheiros, os nossos parabéns e vibrações de paz e saúde, sempre.

Divaldo Pereira Franco e José Medrado


***************

José Reis Chaves (Belo Horizonte, MG)

Saudação ao Divaldo Franco


   Divaldo Pereira Franco, é com muita alegria, muito prazer e muita honra que o saúdo pela data de seu natalício, em 5 de maio de 2012.
        Nós espíritas, e por que não também os demais cristãos, somos-lhe eternamente gratos pelas suas palestras pelo mundo afora, levando para a humanidade a mensagem do Evangelho do excelso Mestre, estudada e vivenciada intensamente e de modo especial pela nossa amada Doutrina Espírita. Você, Divaldo, fiel à recomendação do meigo Nazareno registrada em Mateus capítulo 28, impressiona-nos pelo seu talento de gênio da oratória.  Quanto benefício e conforto espirituais você, Divaldo, tem proporcionado a todos nós brasileiros espíritas e aos nossos companheiros de doutrina de quase uma centena de nações.
        Sabemos que você desempenha essa sua sagrada missão com muita alegria e muito amor, o que nos alegra muito também, pois, vendo-o contente e feliz nesse seu laborioso compromisso com o Nazareno e com Kardec, o papa do espiritualismo científico, nós só nos poderíamos regozijar, igualmente com você diante da grandeza do seu trabalho missionário em prol da divulgação e difusão do Espiritismo.
       Que Deus, Jesus e Maria o abençoem e lhe deem muita saúde e ainda muitos outros longos anos de vida, para que você  possa continuar por muito tempo alegrando-nos e confortando-nos com sua talentosa, brilhante e encantadora palavra de mestre da oratória e da eloquência, tal qual um novo Paulo de Tarso de nossos dias! 
      Com o meu abraço fraterno.
      José Reis Chaves – Belo Horizonte – MG.  

Divaldo Pereira Franco  em Belo Horizonte.
Titulo de Cidadão Mineiro. Foto Lucas Milagre


***************

Júlia Nezu (São Paulo, SP)

Mensagem ao Divaldo Pereira Franco, o Semeador de Estrelas

Dia 5 de maio, Divaldo completa 85 primaveras. Quero pegar uma cesta de vime muito bonita e sair pelos campos floridos para colher as mais lindas e perfumadas flores para ofertar ao querido irmão, pela passagem do seu aniversário. Chegar de mansinho e entregar junto ao seu coração o meu bilhete por entre as flores dizendo-lhe assim:

Querido irmão Divaldo,
Há 65 anos vem dedicando-se às crianças carentes das periferias de Salvador-BA e tem levado o ensino Espírita a toda gente, no Brasil e no Mundo, reconhecidamente um dos maiores oradores da nossa época.
Devotado educador fundou o Educandário Mansão do Caminho, em 1952 e recebeu junto de seu coração mais de seiscentas crianças órfãs, adotando-as; desde então vem atendendo mais de três mil crianças e jovens carentes por dia.
Viajou o mundo todo levando mais de treze mil conferências, em mais de duas mil cidades, no Brasil e em sessenta cidades nos cinco continentes.
Médium disciplinado psicografou mais de 250 livros, de mais de duzentos autores espirituais que utilizando das suas faculdades mediúnicas trouxeram mensagens de relevância para ajudar-nos na senda do progresso espiritual.
Dentre milhares de cartas, bilhetes, por certo recebidos, quero enviar-lhe essa minha singela mensagem, desejando-lhe muitas felicidades pela passagem do seu “niver” e dizer-lhe da minha admiração, respeito, reconhecimento, gratidão e carinho imenso por você e por tudo que fez e vem realizando, incansavelmente, em prol de uma humanidade mais feliz.
 Receba o fraternal abraço da irmã em Cristo,
Julia Nezu – São Paulo-SP

Júlia Nezu e Divaldo Pereira Franco no 1º Congresso Espírita Brasileiro,
realizada em Goiânia, de 1 a 3 de outubro de 1999.


***************


Jussara Korngold (Nova Iorque, EUA)

Querido Divaldo,
que benção recebemos de poder tê-lo conosco a nos ajudar a desbravar os caminhos da iluminação interior. Sua luz, mas mais importante ainda, seus exemplos, nos servem de motivação para que não esmoreçamos no trajeto difícil, mas iluminado de servir a Jesus. Muitas bênçãos e muito obrigada.
Jussara, João e Gabriel Korngold





***************


Querido Di
Lucas Milagre (Divinópolis, MG)


Muita paz!
Que Jesus, na sua infinita misericórdia, continue a ampará-lo em sua singular trajetória de muito trabalho, perseverança e amor à causa espírita.
Parabéns meu amigo!
Felicidades, saúde e tudo de bom pra você!
Um abraço com carinho, do irmão e amigo de sempre, 
Lucas Milagre

(Texto e fotos recebidos de Lucas Milagre)



Lucas Milagre (E) com Divaldo Pereira Franco
Auditório da Mansão do Caminho, em comemoração do Natal das
 crianças da Mansão. Dezembro de 2011


***************


Lucy Dias Ramos (Juiz de Fora, MG

Divaldo, leal servidor de Jesus


Conheci o médium e orador espírita Divaldo Franco, na década de setenta, em Juiz de Fora, quando foi orador numa formatura da UFJF, no curso de Assistente Social, como era chamado naquela época...
Já ouvira falar dele através de minha amiga Suely Caldas Schubert e tão logo soube de sua vinda, agendei este compromisso – ir à formatura para ouví-lo.
Divaldo empolgou a platéia que o ouvia com sua palavra vibrante e sincera, emocionando-me bastante pelo conteúdo de sua exposição doutrinária e riqueza de seu conhecimento, inspirado pelos Benfeitores Espirituais que o acompanhavam. Recordei-me que meus pais se referiram a ele, quando eu ainda morava em Barra do Piraí – RJ – como um jovem baiano que falava muito bem, sendo médium e divulgador espírita, além da obra assistencial que já havia iniciado em Salvador para crianças necessitadas.
Hoje, depois de longos anos de convivência fraterna com o querido amigo, sempre gentil e compreensivo, nesta oportunidade de falar alguma coisa sobre ele, sinto-me emocionada, como aconteceu na primeira vez que o assití na palestra realizada há tanto tempo...
85 anos de vida expressando o amor e transmitindo a todos que o ouvem as lições grandiosas do Espiritismo é um patrimonio espiritual que poucos possuem.
Além de todas as benesses que espalha com sua palavra, semeando estrelas que iluminam nossos caminhos, O Centro Espírita Caminho da Redenção e A Mansão do Caminho – magníficas obras assistenciais– idealizadas por ele e o estimado irmão Nilson, são os testemunhos materiais de uma fé inabalável e a concretização do amor e da caridade evidenciando o pensamento espírita e as lições do Mestre Jesus!
Neste ano de 2012, todos os amigos espirituais, trabalhadores e beneficiados com suas realizações nestes longos anos – 65 anos do C.E. Caminho da Redenção e 60 anos da Mansão do Caminho – se unem a todos nós, em vibrações de amor e gratidão,  a este missionário que tantas luzes tem espargido pelo mundo, testemunhando sua fé,  divulgando o Espiritismo, iluminando as consciências que despertam para os valores reais da vida e da espiritualidade através de seus testemunhos e seus ensinamentos como leal servidor de Jesus.
Deus o abençoe, querido amigo. Grata pelas inúmeras vezes que me acolheu com carinho e despertou em meu espírito a realidade espiritual, sustentado-me nos momentos de provações e dores abençoadas que me indicaram o caminho da fé e da confiança em Deus.

Lucy Dias Ramos
Juiz de Fora – MG

Lucy e Divaldo Pereira Franco. Encontro em São Paulo 01/2012.



***************

Luis Salazar (Miami, Flórida, EUA)

Feliz Cumpleaños Divaldo!


Nos cuentan los mayores, que Divaldo visitaría por primera vez Miami a mediados de los años 70.  Para esa época ya existía el Centro Ciencia Espirita Kardeciana en Miami,  fundado por el Lic. Luis Guerrero Ovalle, ciudadano español que emigro de Cuba, dejando en su isla adoptiva ¨La Clínica del Dolor¨, donde ya practicaba en Cuba la asistencia espiritual.  En Miami, el Lic. Guerrero Ovalle organizaba reuniones mensuales en un teatro de la ciudad, donde leía de los libros de Kardec  al público asistente.  Por otro lado el Sr. Benjamín Rodríguez, ciudadano colombiano, residente en Miami, toma conocimiento del Espiritismo a través de un hermano que vivía en Bogotá Colombia.  Por razones de salud la familia Rodríguez en Bogotá se había acercado al Espiritismo como ultima opción.  En una oportunidad el hermano del Sr. Benjamín le envió el Libro de los Espíritus de Allan Kardec.  Desde el primer momento Benjamín quedo fascinado con la información que contenía estos libros, interesándose en conocer más.  Así viajo en varias oportunidades a Bogotá con la intención de asistir al Centro Espirita, fue así que alguien le menciono que en Miami estaba el Lic. Luis Guerrero Ovalle.  De regreso en Miami, Benjamín Rodríguez contacto al Licenciado y así comenzaron a asistir los Rodríguez a la casa del Licenciado para estudiar la doctrina.  En un viaje de Benjamín a Bogotá le informaron que un orador y médium brasilero estaría dando una conferencia, así conoció Benjamín Rodríguez a Divaldo Pereira Franco, por supuesto Benjamín quedo encantado con la presencia de Divaldo y así a su regreso a Miami, hablo con el Licenciado para hacer arreglos e invitar a Divaldo a Miami.
Por varias décadas, los espiritas del Sur de la Florida hemos recibido a Divaldo Pereira Franco, con gran entusiasmo y cariño.  El movimiento espirita ha sufrido transformaciones desde aquellos días del Lic. Luis Guerrero Ovalle,  Benjamín Rodríguez, Anicia Perez, Armando Payas y muchos otros de los pioneros han regresado a la Patria Espiritual, pero Divaldo continua visitando al Sur de la Florida, estrechando la mano, firmando libros y divulgando el Espiritismo con la misma dedicación de la primera visita.  Cada año, después de la visita de Divaldo, nuevas personas llegan a los Centros Espiritas, entusiasmados por el mensaje  y la propuesta de Divaldo Pereira Franco.  Ante una hoja de trabajo de tal constancia, que abarca más de 6 décadas, por su tenacidad y dedicación, agradecemos al Señor por habernos brindado el vivo ejemplo del divulgador espirita, de la sal del mundo.  Agradecemos a Divaldo, por habernos acompañado en este caminar, por ofrecernos lo mejor siempre y en nuestra lengua castellana.  Agradecemos en este día de celebración de cumpleaños, que se nos permita expresar nuestros sentimientos por alguien tan especial, que ha tocado nuestras vidas en diferentes niveles, siempre para hacernos el bien.  Feliz Cumpleaños Divaldo!
Luis Salazar
Mayo 5, 2012
Miami FL

Lic.Luis Guerrero Ovalle, Benjamin Rodriguez  y Divaldo Pereira Franco


***************

Luiz Carlos de Souza (Uberaba, MG)

Ao querido Divaldo Pereira Franco

Estimado Divaldo Franco,
Quão grandiosa é a sua tarefa a nos mostrar como é possível e necessário trabalhar em favor dos nossos irmãos necessitados.
O seu conhecimento e o seu verbo eloqüente nos tem indicado que precisamos estudar sempre.
Além de tudo você se mostra uma pessoa simples e aberta a todos os que de ti se aproximam, exemplificando-nos que assim também temos que ser com aqueles que nos buscam na seara onde militamos.
Que Jesus continue te abençoando e te amparado nesse lindo trabalho. Parabéns, feliz aniversário.
Luiz Carlos de Souza
Uberaba-MG


Conferência por Divaldo Pereira Franco. Foto de 2006. Arquivo de Paulo Salerno


***************

Luiz Corrêa da Silveira Filho (Três Lagoas, MS)

Divaldo Pereira Franco, 85 anos de “Um Homem de Bem”


Foi em meados de 1989 que tive a generosa bênção de  Deus por permitir-me participar de um seminário na cidade de Dourados, MS,  com casa superlotada,  sob a direção do ilustre aniversariante deste dia, o nosso festejado Divaldo Pereira Franco. Naquela oportunidade, além de ouvi-lo descrever como ninguém sobre o amor ao próximo, tive a honra de ser convidado por ele para proferir a prece de encerramento. Quanta luz, quanta alegria naquela manhã generosa que me brindou com momentos inesquecíveis. Deus te abençoe, Divaldo, continue firme e forte na sua sagrada missão. Estaremos sempre rogando a Deus pela sua saúde  e pela inesgotável fibra e vontade que você tem de propiciar alegrias aos seus semelhantes. 
Jornalista Luiz Correa da Silveira Filho

Divaldo Pereira Franco, à direita, na janela, em viagem doutrinária pela Alemanha em moderno trem ao lado de Nilson.
Foto Jorge Moehlecke


***************


Manuel Claudiano Filho Zani (Milão, Itália)

Buon compleanno fratello e amico Divaldo Pereira Franco


Milano 29 Abril de 2012
Divaldo, sou muito feliz de ter tido a grande oportunidade – a mais de 30 anos, de acompanhar a tua divina trajetória no mundo, dando felicidade com a sua voz cheia de ensinamentos, em nome de Deus e de Jesus. Nós todos te queremos um grande bem e ao nosso caríssimo irmão Nilson.   
A você, um feliz aniversario, e receba o meu abraço. Vibrações de Paz  da luz que ilumina o seu destino.
                                                                                                                                                                                              Manuel Claudiano Filho Zani

Divaldo Pereira Franco e Manuel Claudiano em Milão, Itália


***************

Marco Antonio Milani (São Paulo)

Feliz Aniversário, Divaldo!

"Parabéns educador Divaldo por contribuir para a divulgação do Espiritismo no Brasil e no mundo."
Abs,
Marco

II Movimento Você e a Paz. Balneário Camboriú,  2011. Foto Jorge Moehlecke



***************

Marília de Castro (São Paulo, SP)

Divaldo. Embaixador da Paz!


Suas palavras e suas obras iluminam consciências e corações.
Trabalhador incansável na edificação de um mundo mais justo e mais fraterno, minha voz junta-se a milhões de vozes em um alegre e sonoro: Parabéns!
Marilia de Castro

Foto  com Divaldo, na Mansão do Caminho em 2011, quando a família visitou a admirável obra.  Da esquerda para direita: Julio, Hellen, Clodoaldo, Divaldo, Marília, Caroline e Nathalia.


***************


Nuno Emanuel (Botucatu, SP)

Parabéns a você nesta data (5 de Maio) querido Menino Divaldo…
uma salva de palmas!


Há muitas pessoas em Portugal com mais autoridade do que eu para falar do Divaldo, mas como o Ismael Gobbo insistiu, partilho convosco a minha Gratidão para com ele nesta minha vivência.
Divaldo Franco deu um impulso decisivo na divulgação do Espiritismo em Portugal. Um Paulo de Tarso dos tempos modernos, porque tal como o Apóstolo dos Gentios, semeou o Evangelho de Jesus em terrenos áridos, sobretudo antes do fim da ditadura (1974) na metrópole e nas ex-colónias portuguesas. Há vários episódios que testemunham os riscos que correu na sua missão.
João Xavier de Almeida organizou a 1ª visita de Divaldo a Angola e os laços de amizade entre eles contribuíram para os sucessivos contatos em Portugal. Licínio Henriques (recém-desencarnado) e D. Idalina foram dos companheiros que sempre o acarinharam, tendo Divaldo feito algumas palestras no Centro Espírita Perdão e Caridade (CEPC) em Lisboa.
Em 1999, Carlos Alberto abriu-me as portas da Doutrina Espírita no CEPC e alguns meses após, aconselhou-me e ao meu Pai a assistir à nossa 1ª palestra do Divaldo. Em 2001 em Viseu, num Encontro Nacional de Jovens Espíritas, convivemos 2 dias com o Divaldo, um estímulo importante para me integrar no movimento espírita nacional. Recordo as suas palavras quando nos autografou um livro de Joanna de Ângelis Jesus e o Evangelho à Luzda Psicologia profunda.”
Com o incentivo de amigos como Antero Ricardo - que o acompanha há muito nos seus périplos em Portugal - viajámos de Norte a Sul do país para assistir às suas palestras e seminários. Estes encontros reforçam o espírito de grupo essencial no convívio na casa espírita e proporcionam conhecer outros companheiros espíritas da causa, reunindo novos laços.
Cada história do Divaldo é um estímulo ao estudo nas diversas áreas da cultura, religião, ciência e filosofia. O Divaldo viaja constantemente para estar conosco nos 5 continentes, mas sempre que quisermos podemos ir ter com ele. Basta pegar num dos muitos livros, revistas, cd´s e dvd´s que imortalizam fisicamente a sua presença na Terra. Já ouvi centenas de palestras do Divaldo e todas são únicas.
O seu Espírito marcará as nossas almas se fizermos a nossa parte. Há cerca de um ano na sede da Federação Espírita Portuguesa (FEP), Divaldo relata conversas tidas com Joanna de Ângelis sobre convites para eventos que decorreram anos depois. Uns anos antes do Congresso Espírita Mundial em Espanha em 2010, Divaldo perguntou à sua mentora se devia aceitar e quando ela respondeu que sim, ele sorriu “Estou garantido até lá!”. Para eventos futuros usou a mesma estratégia, mas Joanna disse-lhe “Vamos orar!”
Foi então que Vítor Féria, presidente da FEP, o convidou para estar presente no centenário da FEP em…2026! Divaldo aceitou, dizendo que pedirá a Deus para regressar, quem sabe como Menino prodígio. E como vamos reconhecê-lo? “Se falavam que Chico Xavier tinha um código, eu também terei. Antes de começar a falar, emitirei 2 tossidos…”


Divaldo Pereira Franco, em primeiro plano, e Nuno Emanuel, em Portugal, no ano de 2003.



***************

Otávio Cunha (Itapira, SP)

Ao nosso querido Divaldo


Agradeço por tudo aquilo que você tem proporcionado à Doutrina Espírita,  e a nós,  espíritas. Obrigado  pelos esforços despendidos em toda a sua trajetória pelo mundo, vencendo dificuldades,  obstáculos e situações adversas para seguir avante com as tarefas que lhe foram dadas por incumbência superior e que você vem conduzindo de  forma tão  invejável e exemplar. Meu particular parabéns a você, muitas felicidades, mais luz e muita saúde para continuar nesta caminhada abençoada. Otávio Cunha-Itapira-SP-Casa Espírita Nhá Chica e USE Municipal.

Divaldo Pereira Franco em Munique, Alemanha. Foto Jorge Moehlecke


***************


Orson Peter Carrara (Matão, SP)

Nosso Divaldo

Os 85 anos do respeitável médium DIVALDO PEREIRA FRANCO merece
reflexões de importância no contexto do movimento espírita nacional e internacional.
Pelo trabalho profícuo em prol da divulgação espírita, com seus livros e lúcidas abordagens ao longo das décadas - aliados ao intenso esforço de promoção humana
por meio do Centro Espírita Caminho da Redenção (fundado em 1947) e da Mansão do Caminho (fundada em 1952), Divaldo é digno da gratidão, carinho e amizade do movimento espírita, extrapolando as fronteiras nacionais.
Títulos, Comendas, Medalhas, Placas, Troféus, Moções e outras homenagens dizem bem dos sentimentos que o querido amigo inspirou por vários lugares.
Mais que homenagens humanas, a lucidez e clareza do médium comprometido com o Evangelho e com a Doutrina Espírita, e os profundos laços de gratidão que desperta naqueles que com ele convivem, pelos frutos que alcança junto aos sentimentos, dizemos da alegria de ser contemporâneo de tão abençoado amigo.
O esforço que emprega em suas contínuas viagens, o estímulo e conhecimento que oferece em suas abordagens, a influência que tem exercido em grupos, pessoas, cidades e países, fazem-no credor de nossa mais profunda admiração e respeito.
Nos 85 anos de idade física dessa produtiva existência, nos 65 anos de fundação do Caminho da Redenção e 60 anos da Mansão do Caminho, queremos abraçar nosso querido Divaldo com nosso respeito e profunda gratidão!
Obrigado amigo pela sua presença entre nós! Sua história fala mais do quaisquer palavras que tentemos articular para dizer da grandeza de seu coração!

Divaldo dialogando e autografando em Bauru, SP
Foto cedida por Leopoldo Zanardi


***************


Raymundo Espelho (Campinas, SP)

Avante, Divaldo, continue firme como sempre foi!

Divaldo Pereira Franco, o caçula  dentre os doze filhos de dona  Anna e Sr. Francisco, continua com o mesmo vigor da juventude, traçando sua trajetória de conceituado difusor da doutrina consoladora.
Felicito-o por vê-lo completar 85 anos, e por saber dedicá-los em grande parte às palestras por todos os continentes e ao trabalho na Mansão do Caminho, fundada com Nilson Souza Pereira, em 1947, em Salvador.
Deus te abençoe sempre, irmão querido.

Divaldo Pereira Franco (D) na Bratislava, Eslováquia (8/6/2011). Foto Jorge Moehlecke


***************


Rede Amigo Espírita (Auriflama, SP)


Parabéns, Divaldo, feliz aniversário!

Em nome da Rede Amigo Espírita e dos espíritas da Região de Jales, SP,  queremos deixar o nosso abraço fraterno e votos de muita paz e felicidades a Divaldo Pereira Franco, e agradecer por tudo que tem feito pela Doutrina Espírita. Parabéns pelo seu aniversário.  José Aparecido

José Aparecido dos Santos entrevistando Divaldo Pereira Franco em Jales, SP


***************

Regina Piccoli (Lecco, Itália)

Tanti auguri Divaldo, tanti auguri per te!


Divaldo,

Cada ano novo è um gole de agua da fonte da vida,cor do cèu e com sabor de amor,que da força e vontade de viver, que voce possa saborea-la ainda muitas…muitas …vezes!!!!
Auguri!!!
Ti voglio bene!!!
Regina Piccoli

Divaldo Pereira Franco, no centro da foto, em meio ao grande público que compareceu
a sua conferência no dia 5 de junho de 1957. Foto do acervo de Jorge Moehlecke



***************

Regina Zanella (Milão, Itália)

Uma página para Divaldo Pereira Franco


A gente nunca sabe quando a nossa vida esta para mudar, completamente.
Resido na Itália à 24 anos.  Em julho de 1994, a seleção brasileira de futebol estava disputando o campeonato mundial nos E.U.A. A final contra a Itália, ficou na historia do futebol internacional.
Os brasileiros comemoravam nas ruas. Ponto de encontro, uma nota churrascaria.
Na época eu colaborava como jornalista para o “Corriere del Brasile”, jornal que ilustrava o mundo brasileiro na Itália, para brasileiros e italianos, integrando culturas. Portanto não podia me furtar a noticiar “tão importante” evento.
Em um momento de pausa, para trocar o filme da maquina fotográfica (a digital ainda era um sonho), entrei no restaurante, e me deparei com o único cliente indiferente ao “carnaval”: “O que você está fazendo?” perguntou - eu lhe informei. E ele: 
“- Mas se você é jornalista, deve assistir a palestra do maior orador do Brasil, na próxima terça-feira, essa sim que é noticia!”. 
Achei aquele senhor bizarro, e mais ainda o seu convite. Tentei explicar que o meu campo era outro, mas ele insistiu. Passei os próximos dias a pensar, e depois decidi ir.
Encontrei uma sala média, mas repleta, de italianos e brasileiros. Tentei seguir o raciocínio do orador, observava o tradutor e pensava: “Que tarefa difícil, como pode traduzir para o italiano coisas tão complexas? Será que o publico esta entendendo?” - Eu que compreendia o português tinha dificuldades...
Acabou a palestra, fiquei com a cabeça cheia de duvidas, queria saber mais, encontrei o senhor do restaurante que logo me chamou: “Vem que te apresento o orador, é um meu grande amigo.” 
Apresentações, sorriso cativante do orador, uma postura que inspirava respeito. O mesmo me apresenta um amigo que o acompanhava, que quase de imediato me diz: “Deves nos ajudar a divulgar a doutrina espírita aqui na Itália! Porque não escreves uma biografia contando a extraordinária historia de vida deste homem? Acho que você deve fazer isso”. 
Parecia tudo irreal. Quem responderia as minhas questões? - Talvez aquele homem, aquele orador, poderia me esclarecer! De fato me disse: “- Escreva tudo e me envie por fax no hotel onde estou hospedado”.
Cheguei em casa, e ao invés de escrever uma matéria para o jornal, corri a escrever a “minha historia”. Lembrei de um tio do interior de São Paulo, único espírita da família na época. Telefonei-lhe: "- Tio, hoje fui assistir à uma palestra aqui em Milano, de um homem que dizem ser um grande orador espírita, se chama Divaldo Pereira Franco, o senhor o conhece?”
Pois é, quem o conhece? Hoje eu diria: quem não o conhece?
As pessoas passam pela nossa vida, mas quantas tem o poder de mudá-la, completamente?
Sem duvidas, foi uma alegria te-lo conhecido, uma graça de Deus ter convivido e compartilhado dias, momentos... Depois de termos conhecido Divaldo e a obra realizada por seu intermédio, não somos mais os mesmos. Não podemos mais dizer: “...Eu não sabia”,  nem mesmo: “Eu não tenho tempo...”, “eu não posso...”.    Muda a nossa consciência de tempo e as nossas prioridades.
Não sei dizer quantas pessoas foram influenciadas e introduzidas no Espiritismo, direta ou indiretamente, graças a Divaldo; quantas vidas ele mudou, mas seguramente hoje não serei a única a cantar um hino de louvor a Deus em agradecimento pela encarnação deste espírito de Escol, pedindo para que a harmonia e o amor sejam eleitas por suas companheiras inseparáveis e amigas.
O Grupo espirita Sentieri dello Spirito em Milano foi fundado em 1996; a primeira palestra aberta ao publico foi realizada em 1997, por Divaldo, quando pela primeira vez o traduzi para o italiano. No publico o amigo Antonio Fortes, de Portugal, que ainda me cobrava a biografia, que acabei realizando em 2002, e o amigo que me apresentou Divaldo, Manuel Claudiano Zani, e que à pouco completou 86 anos - o brasileiro espírita mais antigo que conhecemos em Milano, esta aqui à mais de 50 anos. O Centro que hospedou Divaldo,   em 1994, o Vita Nuova, ainda existe e com este mantemos otimas relações.
Que Divaldo possa receber as nossas melhores homenagens, o nosso fraterno e reconhecido abraço de gratidão, por quanto nos deu de si e do mundo espiritual, a luz que iluminou as nossas vidas.
Regina Zanella e Massimo Oliva em nome do Gruppo Sentieri dello Spirito, do amigo Manuel Claudiano Zani e dos amigos do Vita Nuova.

Regina Zanella ao lado de Divaldo Pereira Franco,  de terno e de óculos, em Milão, Itália,  no ano de 1997.


***************


Renato Prieto (Rio de Janeiro, RJ)

Porta Voz da Bondade


Divaldo Franco é porta-voz da bondade, luz e esclarecimento.
Meu amigo de sempre,
parabéns e fique por aqui ainda mais tempo.
Precisamos de você!
Siga em paz,
Renato Prieto
Renato Prieto e Divaldo Pereira Franco


***************

Rogério Coelho (Muriaé, RJ)

Divaldo Franco colhe mais uma flor no Jardim da Vida

A fraternidade pura é o mais sublime dos sistemas de relações interpessoais
Rogério Coelho
“Ninguém  tem  maior  amor  do  que  este:
de dar alguém a vida pelos seus amigos.”
-          Jesus,  (Jo., 15:13.)
-           
Ao alçarmos a voz para louvar a Deus pelos decênios em que Divaldo espalha luz pelas plagas distintas do mundo, e por mais uma flor que colhe no jardim da vida por ocasião de seu natalício, no dia 5 de maio, não podemos silenciar quanto a importância do seu trabalho a favor de todos nós os comuns dos mortais...  Quantas sementes de luz esparzidas!  Quantas lágrimas!!! Quanto devotamento e abnegação!  Mas também quantas alegrias e quanta riqueza espiritual ele amealhou em sua luminosa trajetória!
Lembra Raul Teixeira: “(...) Quando conhecemos de perto a extensão e a importância da obra de Divaldo em Salvador; quando percebemos o papel de Nilson no seu plano de atividades, já não conseguimos pensar nela sem os dois que, embora distintos, se completam, nesse compromisso fulgurante com Jesus, que se espraia por dezenas de anos, nas terras do Brasil, vitorioso e abençoado”.
Portanto, parabéns ao nosso Di por mais um natalício e parabéns ao nobre amigo Nilson, pelo apoio constante ao nosso querido irmão!
Os beneficiários dessa Messe de Amor nos rejubilamos e nos congratulamos ao mesmo tempo que agradecemos penhoradamente por todos os benefícios que nos foram proporcionados por essas vidas preciosas.
            “Ninguém tem maior amor do que este:  de dar alguém a vida pelos seus amigos.”  
            
             Salve do dia 5 de maio!!!! 

Rogério Coelho (E) e Divaldo Pereira Franco


***************

Rosângela Pires (Arujá, SP)

Divaldo, o semeador da esperança!


Falar do trabalho de Divaldo é recordar a peregrinação no deslocar-se de um lugar para outro, solidarizando-se com os necessitados; é tornar-se um companheiro na busca de uma morada, uma morada sem limites materiais.
Desapego e sacrifícios para poucos que, no entanto é recompensado com o despertar do sorriso nos lábios, com o amor a irradiar nos corações, com o renovar da fé e esperança, com o despertar da consciência para uma vida plena de possibilidades ao próximo.
Anos de prestação de serviços às pessoas em nome do Nazareno através da Codificação de Kardec.
Quantas pessoas ressurgidas do seu eu abismal? Pai de quantos filhos com as palavras que proferiu?
Por mim, pelos meus irmãos em aprendizado neste orbe, por Kardec e, sobretudo por Jesus de Nazaré levanto-me a aplaudi-lo. Não para insuflar-lhe o ego, mas modestamente ilustrar a minha gratidão. Obrigadíssimo!
Feliz Aniversário, luz e paz aos seus dias. Que seja mais um ano repleto de novas possibilidades com Jesus.
Que alegria poder cumprimentar-lhe confrade – Divaldo Pereira Franco.
Sinta-se por mim, carinhosamente abraçado.

Rosangela Pires
Divaldo Pereira Franco. Seminário em Passo Fundo, RS. Foto Jorge Moehlecke


***************


Rose Moliterno (Santos, SP)

Parabéns, Divaldo, pelos teus aniversários.


Tua vida e tua obra falam por ti, pois pelo fruto é que se conhece a árvore.
Divaldo permaneça de pé, amigo de todos, bem recebido em todo lugar, verdadeiro exemplo de comportamento cristão.
Até o 16º Congresso Espírita em Santos para comemorarmos os seus 88 anos.
bjokinhas
Rose Moliterno

Divaldo Pereira Franco com Rose Moliterno (E) e Geny Vantini
Congresso Estadual de Espiritismo, Franca,  SP, 2012.



***************


Rubens Toledo (Campinas, SP)

Saudação para Divaldo

Caro irmão Divaldo...
Gostaria de abraçá-lo neste 5 de maio. Se não for possível, dia 15 de agosto, visitaremos você na Mansão do Caminho.
Votos de Paz. E Feliz Aniversário.
Rubinho - Campinas-SP

Rubens Toledo(D) cumprimenta Divaldo Pereira Franco



***************

Skupina Allan Kardec- Praga, República Tcheca

Parabéns, Divaldo.

Caro amigo,Abaixo segue nossa mensagem para os 85 anos do Divaldo: Nosso querido Divaldo,
Na ausência de vocábulo terrestre para expressarmos nossos sinceros parabéns, escolhemos a singeleza da versão tcheca: blahopřejeme ti k narozeninám!
Com carinho, André, Edith e Auzier

Skupina Allan Kardec - Praha
 

(Texto e foto recebidos de Skupina Allan Kardec - Praha [skupinaallankardec@hotmail.com])

Na foto: André, Nilson S. Pereira, Divaldo Pereira Franco, Edith,  Auzier


***************


Semiramis Alencar (Itamonte, MG)

Arauto do Bom-Senso


Divaldo Pereira Franco:
Discernimento, bom-senso, caridade e esperança são as características desse homem escolhido para,
através da mediunidade, trazer o bem sem ver a quem.
Divaldo, legítimo representante das fileiras do bem maior, felicidades nesta data em que aceitastes o grande desafio evolutivo - encarnar para levar o bem aos mais necessitados!
A saúde, o amor  e a paz do Mestre Jesus sempre em seu caminho, 
Semíramis Alencar 

Divaldo P. Franco e Chico Xavier se cumprimentam sob olhar da poetisa e escritora uberabense, D. Altiva Noronha (já desencarnada), amiga de ambos. Foto colhida no dia 6/10/1977, quando Divaldo proferiu palestra em Uberaba, MG,
assistida por Chico Xavier. Foto digitalizada e gentilmente cedida por Jorge Moehlecke para este trabalho


***************


Simoni Privato Goidanich  (Quito, Equador)

Mensagem para Divaldo em seu aniversário




***************

Spiritist Society of Ireland (Dublin, Irlanda)

Spiritist Society of Ireland e...
Uma pequena homenagem para um Grande Homem...



No mundo em que hoje vivemos, ainda não são muitos os exemplos de pessoas que dedicam o seu tempo e a sua vida, seguindo o belo exemplo do nosso Mestre Jesus, que há mais de 2000 por aqui passou para nos transmitir a lei do Amor Universal – a Lei de Deus. Mas, um emissário do Senhor aqui na Terra, vem dedicando sua existência a sublime tarefa de fazer o bem ao próximo. Não apenas em seu “território”, mas por todo o planeta. Divaldo Pereira Franco, um médium renomado, não apenas no Brasil, mas em muitos outros países, tem peregrinado mundo a fora na sua feliz tarefa de transmitir os conhecimentos da Doutrina Espírita (a 3ª revelação, o consolador prometido pelo Mestre Jesus). Dentre as suas muitas andanças, eis que no ano de 1999, Divaldo pisa pela primeira vez na Irlanda, a convite de um casal: Mr. & Mrs. Kraut, que juntamente com nossa amiga e colaboradora Elsa Rossi (B.U.S.S) fizeram o primeiro encontro espírita em solo irlandês.
No ano de 2006, novamente através de uma conversa entre amigos, o estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo começou a ser feito nas terras irlandesas, com o apoio de Elsa Rossi a dois jovens brasileiros: Juliana e Gustavo, algum material e idéias foram tomando corpo, e até um website foi criado. Mas ainda não seria desta vez que a Doutrina Espírita ganharia o seu espaço oficial neste país, tão cheio de verde e de vida...
Como nada acontece ao acaso, dois anos mais tarde, um outro brasileiro morando na Irlanda, chamado Stevan Bertozzo, hoje o coordenador da SSI, através de pesquisas na internet, localizou o site www.allankardec-ireland.org e com o auxilio de outros colegas brasileiros também interessados em estudar  o Espiritismo, reuniu um pequeno grupo, e a leitura das páginas doEvangelho Segundo o Espiritismo, passou a ser feita “entre amigos e simpatizantes”. E assim foi, o grupo se reunindo a cada dois domingos na casa de um e de outro...até que no ano de 2010, um fato transformou de vez o destino daquelas pessoas. Foi anunciado ao pequeno grupo a possibilidade da vinda do médium Divaldo P. Franco a Dublin, capital da Irlanda. Ele estaria na vizinha Londres e em outros países da Europa para uma série de palestras. Mas algumas ações  precisariam ser tomadas,e dentre elas, a escolha de um nome para o grupo.                    
Com a notícia da vinda de Divaldo Franco a Dublin, o grupo de amigos e simpatizantes do Espiritismo passou a se chamar oficialmente: Spiritism Study Group of Ireland (Grupo de Estudos Espíritas da Irlanda)

"The Pursuit of Happiness" - A Busca da Felicidade, que ocorreu no dia 14/06/2010, foi o tema da primeira palestra oficialmente promovida pela SSGI. Onde, dentre os muitos brasileiros presentes ao evento, contamos também com a presença de alguns irlandeses na platéia, que se mostraram bastantes atentos e curiosos ao tema exposto por Divaldo, que foi traduzido simultaneamente para o inglês pela tradutora Ana Sinclair.
Após a palestra, Divaldo se reuniu com os membros do grupo e orientou-nos com algumas diretrizes importantes, dentre elas, a oficialização do idioma Inglês nos encontros, já que nosso objetivo é o de espalhar os ensinamentos da doutrina àqueles irmãos encarnados e desencarnados, que não conhecem ou nunca tiveram acesso, e que não tem ou não tiveram o português como língua-mãe.
Foi mesmo uma grande honra para o grupo ter como estréia um convidado tão especial e tão ilustre! Isso fez com que nos motivássemos em convidá-lo novamente no ano seguinte (assim como a outros, que tanto bem fazem em propagar pelo mundo a doutrina decodificada por Allan Kardec).

E assim ocorreu!!!

Antes do inicio da palestra, um presente aos convidados especiais e ao publico presente, Antonio Braga amigo do grupo, tocou no saxofone duas canções "Over the Rainbow", e "What a Wonderful World", e ao final da palestra, a SSI celebrou os 84 anos de Divaldo (completados em 05/05/2011)
        
Por Andrea Lins – Departamento de Comunicação da SSI

 
Neste ano de 2012, mais uma vez, a convite da Spiritist Society of Ireland, o Médium Divaldo Franco se fará presente na capital da Irlanda, para mais um excelente encontro, dessa vez falando sobre a  maravilhosa composição musical de Händel – Messiah (o Messias) e também sobre a vida do nosso Mestre Jesus.



Divaldo Pereira Franco, na mesa, à esquerda, com grupo da SSI


***************


Suely Caldas Schubert (Juiz de Fora, MG

Parabéns a você, Divaldo!

Querido amigo Divaldo
Nessa data feliz de seu aniversário, expressamos-lhe a nossa profunda gratidão, especialmente  por  ser a sua vida em nossas vidas verdadeira fonte de beleza e ensinamentos.
Ao longo dos anos, incalculáveis multidões recebem do seu amor os exemplos marcantes de fidelidade a Jesus e dos ensinos que Ele legou a Humanidade. Aprendemos a conhecer e a amar o Mestre  e a Doutrina Espírita  através de suas palavras, que tantos benefícios propiciam  aos que o ouvem.
Assim, com nossos melhores sentimentos de gratidão, ternura e amor em nossos corações, desejamos-lhe muitos anos de vida, com saúde, paz, felicidades. Ao externar  esses votos  em meu nome e de minha família, tenho a certeza que o faço, também, em  nome dessa multidão de amigos que você conquistou merecidamente.
Parabéns pelo seu dia! Que seja de bênçãos do Céu e da proteção de Jesus.
Em pensamento estamos ao seu lado, celebrando a alegria de termos a sua presença em nossas vidas.
Sua amiga de sempre,
Suely Caldas Schubert
No centro, Divaldo Pereira Franco e Suely Caldas Schubert
XIII Conferência do Paraná, 03/2011. Foto Jorge Moehlecke


***************

Suzuko Hashizume (São Paulo, SP)

Nosso abraço, Divaldo, seja sempre muito feliz!


O dia 5 de maio é um dia abençoado para todos porque renasceu Divaldo Pereira Franco para cumprir sua importante tarefa de cuidar de tantas crianças abandonadas e necessitadas, bem como divulgar os ensinamentos do Evangelho de Jesus pelo Brasil todo e por dezenas de países do nosso planeta Terra.
Desejamos a você, estimado amigo Divaldo, os melhores votos de feliz aniversário, lembrando com muito carinho do nosso encontro em São Paulo, no IBPP juntamente com o nosso saudoso Hernani e posteriormente em Bauru. Aproveitamos esta feliz  oportunidade para agradecer-lhe o carinhoso testemunho que você fez  no documentário produzido em Portugal pelos nossos estimados amigos: José Carlos M. Lucas, Marques, Jorge Gomes e Sílvia, por ocasião da III Jornadas de Cultura Espírita, em Óbidos, em 2006.

A partir da direita: Divaldo Pereira Franco, Hernani Guimarães Andrade, Suzuko Hashizume,  d. Neyde G. Oliva e Miguel de Jesus Sardano,  em visita ao IBPP- Instituto Brasileiro de Pesquisas Psicobiofísicas


***************

Vansan (Mogi das Cruzes, SP)


Saudação para o Divaldo


NESTE DIA MARAVILHOSO PARA A FAMILIA ESPÍRITA E PARA O BRASIL, AGRADECIDOS A DEUS,  DIRECIONAMOS AO PAI AS NOSSAS MAIORES VIBRAÇOES DE AMOR, DE PAZ , DE SAÚDE , DE FORÇA E DE ALEGRIA PARA O NOSSO QUERIDO APÓSTOLO DO BEM -  DIVALDO PEREIRA FRANCO.EM SINTONIA COM O PLANO MAIOR, OUVIREMOS A SINFONIA MARAVILHOSA DO GRANDE CORO DIVINO ENTOANDO CÂNTICOS SUBLIMES, NUMA CHUVA DE BÊNÇAOS QUE, SOMADAS ÀS VIBRAÇOES DE AMOR E GRATIDÃO DE TODA A FAMILIA ESPÍRITA DO MUNDO, HÃO DE COBRIR O HOMENAGEADO ESPECIAL DESTA DATA .PARABÉNS DIVALDO, DEUS O ILUMINE SEMPRE !
VANSAN

O jovem tribuno Divaldo Pereira Franco em sua
2ª. conferência na cidade de Araxá, MG, em 1958.


***************


Washington L. Nogueira Fernandes (São Paulo, SP)

Médium Divaldo, um Cosmopolita Espírita do Bem...


5 de Maio de 2012 o médium Divaldo Pereira Franco completa 85 anos de idade. Há vinte e dois anos tenho acompanhado sua impressionante e diversificada trajetória de vida e trabalho em favor da divulgação espírita (64 países, todo o  Brasil, mais de mil cidades), de auxílio ao próximo (milhares de crianças e desfavorecidos da sorte amparados na Mansão do Caminho); ou seja, em favor da própria Humanidade. De há muito que Divaldo não cabemais no Movimento Espírita. Presto meu testemunho de gratidão a Deus pela oportunidade de ter conhecer conhecido pessoalmente (em 06/05/87) e privar dessa personalidade de escol, quatro meses após ter me tornado espírita (janeiro/87), e ainda estar o acompanhando; com ele e os Bons Espíritos que o assessoram, em especial Joanna de Ângelis, tenho aprendido muitas lições de vivência e atuação operante no Bem e na divulgação espiritista. Tive oportunidade de estar cerca de vinte vezes na Mansão do Caminho (desde 1989), convivendo com ele mais proximamente, tomando conhecimento do seu caráter e pesquisando nos seus arquivos e registros de realizações (cheguei até a conhecer os admiráveis Lares Substitutos e alguns de seus filhos adotivos e netos). Impressionante a multiplicidade de sua atuação mediúnica e a abrangência de sua obra, que fala pela sua vida. Pode-se afirmar que desde que nasceu não é mais ele que vive, mas Jesus quem nele vive...
Sem qualquer ingenuidade em querer afirmar que ele seja melhor do que qualquer outro trabalhador ou médium espírita-cristão, indiscutível é reconhecer que ele tem tido a oportunidade de dedicar-se integralmente ao próximo e trabalhar por um mundo melhor. Asseguro seus exemplos de absoluta humildade e grandeza de caráter, em atitudes de um verdadeiro cristão, servidor de Jesus de Primeira Grandeza, como muitos outros existem, existiram e nunca faltarão, para auxiliar o progresso da Terra. Vivendo além de seu tempo, só o futuro permitirá que muita coisa seja dimensionada do seu legado, que tem deixado pegadas de luz para todos nós... Não precisa ser biógrafo dele para tentar entender e imaginar o quanto de sacrifício, renúncia e desprendimento ele se impôs à própria vida e interesses para conseguir tão enriquecida folha de serviços pela Era Nova; igualmente ninguém chega a essa fase da vida (octogenária) sem passar por muitos testemunhos e incompreensões, que tem superado com galhardia. Parabéns Divaldo pela data aniversária, pela luminosa Jornada na Terra e pela total fidelidade a Jesus...

Washington Fernandes (E) e Divaldo Pereira Franco autografando no Clube
 Juventudes, em São Paulo, SP


***************


Wellerson Santos (Belo Horizonte, MG)

Felicidades,  Divaldo, Seareiro do Evangelho


Querido Divaldo,
Há dois mil anos, o nosso Mestre por Excelência conclamou os primeiros seguidores do Seu Evangelho: "Ide e Pregai, levai a minha mensagem a todos os povos".
No transcorrer dos tempos, muitos homens e mulheres levantaram-se para realizar o trabalho de divulgação das Boas Novas de Alegria.
Há 65 anos, tens te dedicado de forma ininterrupta a esse trabalho valoroso, levando o Evangelho de Jesus à Luz do Espiritismo, onde nunca antes houvera se falado daquela Mensagem Libertadora. No Brasil e fora dele, tens sido um "Trator de Deus".
Chico Xavier teve a oportunidade de certo dizer que tinhas uma estrela na boca; Suely Caldas Schubertt, de que eras o "Semeador de Estrelas"; Ana Maria Spränger, que és o "Paulo de Tarso dos nossos dias" e, na singeleza que me cabe, digo que tu és o "Seareiro do Evangelho".
Nesta data tão importante para o nosso Movimento Espírita, completando 85 primaveras, desejo-te paz, alegria e saúde.
Receba o meu carinho e a minha eterna gratidão.
Felicidades,
Wellerson Santos

Wellerson Santos (E) e Divaldo Pereira Franco


***************


Wellington Balbo (Bauru, SP)


Gratidão a Divaldo

Divaldo com seu verbo inflamado e inspirado foi muito importante em momento capital de minha existência. Eu acabara de receber a notícia de que meu filho João Antônio, então com 3 anos, estava com câncer. Meu mundo caiu e eu literalmente quase sucumbi diante de tão dolorosa provação. Pensei: O que fazer, meu Deus? Comecei a sentir uma ponta de revolta e indignação. Bradava aos Céus intempestivamente o porquê daquilo estar acontecendo na minha família. Por que comigo? Justo comigo? Já não conseguia mais raciocinar com clareza e prosseguia em minha inconformação para com a sabedoria divina. Mas eis que certo dia coloquei no DVD uma palestra de nosso Divaldo e ele, iluminado, afirmou:
 - Quando os desafios da existência nos baterem a porta saibamos enfrentá-los com coragem e resignação. Ao invés de perguntarmos: Por que comigo? Questionemos: Por que não comigo? Isto mesmo: Por que não comigo? Afinal, estou na Terra, planeta de provas e expiações e sujeito às vicissitudes da vida como as outras pessoas, como os meus vizinhos.
Após escutar tão profunda frase de nosso Divaldo percebi meu estrelismo e prepotência. Se acontece na família dos outros pode acontecer na minha também. Afinal, não sou melhor do que ninguém!
Gradativamente a revolta foi dando lugar à esperança. Triste, mas resignado, pude de certa forma colaborar para o tratamento e recuperação do garoto. Hoje ele está bem; corre, brinca, pula, canta, dança...
Em fase tão complicada da existência pude contar com o apoio de nosso Divaldo, que mesmo sem saber foi deveras importante para que eu pudesse sacudir a inconformação e dar a volta por cima.
Minha gratidão, pois, a este amigo que vem por décadas e décadas esclarecendo mentes e consolando corações.

Divaldo Pereira Franco falando com os trabalhadores espíritas de Curitiba, PR, aos 26-11-2010
Foto gentilmente cedida por Jorge Moehlecke para este trabalho.



***************


Wilson Garcia (Recife PE)


Médiuns, mitos, imagens e... Divaldo (ou o inverso?)


No tempo das imagens dominantes, os heróis são midiáticos, ligeiros, temporais. Por isso, quando estamos diante de heróis míticos, não midiáticos, que receberam o convite, enfrentaram as provas e retornaram ao ambiente para praticar a coragem, ficamos confusos.
Eles se misturam, os midiáticos e os heróis, e apesar da predominância dos midiáticos em número e em profusão, difícil é localizar os heróis, e mais desafiador ainda é compreender o herói, na sua dupla realidade de mito e ser humano.
Vamos, pois, fazer uma viagem.
Havia grande expectativa no ar naquela tarde de domingo. Todas as providências para que a quantidade de pessoas não extrapolasse o número de lugares do auditório Bezerra de Menezes foram severamente tomadas. Por onde passava, o orador atraía muita gente e, portanto, justificava as medidas tomadas.
Divaldo chegou na hora marcada, assumiu a tribuna e fez uma alegre palestra, em lugar das famosas oratórias. Melhor dizendo, substituiu os monólogos arrebatadores por um diálogo vivo.
Os temores cessaram – nem público excessivo, apenas dirigentes convidados; nem temas genéricos, mas assuntos pontuais, do dia-a-dia dos centros espíritas. Uma troca, no melhor estilo proposto por Herculano Pires.
Pela primeira vez, vi Divaldo descontraído, em público. Um humor agradável entremeou sua fala de experiências e fatos. Ouviu, expôs, respondeu durante duas horas que pareceram minutos. Era 1972 e o local, a Federação Espírita do Estado de São Paulo, na antiga sede da Rua Maria Paula.
Depois disso, esbarramo-nos, aqui e ali, vezes inúmeras.
Seis anos mais tarde, uma entrevista.
Descemos do carro, de retorno do Aeroporto de Congonhas onde fui com o Miguel buscá-lo, por volta das 10 horas da manhã. Divaldo, atrasado por culpa do voo, pediu alguns minutos mais para se banhar.
A espaçosa sala da residência do Miguel de Jesus em Santo André reunia, além do casal anfitrião, eu, Raymundo Espelho e Wilson Francisco. A amenidade das conversas ajudou a passar o tempo, mas não aplacou a ansiedade pelos compromissos que nos esperavam ainda, naquele dia.
Pouco mais de trinta minutos depois, Divaldo surgiu no ambiente com toda a tranquilidade baiana, caminhou em nossa direção e sem mais rodeios afirmou:
– Cairbar Schutel está me dizendo que apoia ao trabalho de vocês. Ele tem muito interesse no progresso do Correio Fraterno do ABC e da editora. Diz que tudo vai dar certo.
Surpreendeu-me, não a revelação, mas o fato de vir pela boca do Divaldo Franco. Alguns meses antes, tínhamos recebido a mesma informação, também de modo espontâneo, por outro médium e, curiosamente, então, estávamos ao lado do leito de um dos nossos companheiros, ali presente, que convalescia de uma doença. Sentado e conversando, de repente o médium-visitante silencia, seu olhar se dirige a um ponto qualquer do quarto e ele informa:
– Tem um espírito aqui dizendo que o trabalho de vocês vai dar certo e que devem seguir em frente com confiança.
Espíritos e médiuns diferentes, afirmações semelhantes.
Gravadores ligados, iniciamos a entrevista com a franqueza combinada e aceita pelo tribuno.
– Divaldo, reclamam muito que seu texto mediúnico é difícil de entender, você concorda?
– Herculano Pires apontou plágios seus, como responde a isso?
– Dizem que você faz suas oratórias públicas mediunizado, é verdade?
– Qual é a sua opinião sobre Roustaing e o corpo fluídico?
As questões seguiram por esse caminho pontuado de conflitos e temas mais gerais. Divaldo respondeu uma por uma as perguntas, sem nunca se alterar, mesmo quando os assuntos resvalavam para os aspectos morais ou pessoais, ou diziam respeito a temas doutrinários controversos.
É difícil entrevistar Divaldo e arrancar dele respostas em linguagem coloquial. Pior ainda é ler entrevistas de Divaldo com perguntas prontas e respostas dadas por escrito. A linguagem aí costuma reproduzir o tom extremamente formal do indivíduo preocupado muito mais em ser cuidadoso que objetivo e espontâneo. Jornalista não gosta disso, não.
Nas duas ocasiões citadas, Divaldo esteve menos preso, por isso, mais leve.
Em 1986, Divaldo é o orador da cerimônia de abertura do IX Congresso Brasileiro de Jornalistas e Escritores Espíritas. Combinamos com ele, dois anos antes, a data e o tema. E mantivemos contato permanente, até o evento.
O auditório do Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, está  repleto. Divaldo chega acompanhado de Miguel de Jesus e se junta a mim e ao Francisco Thiesen, então presidente da FEB, para um café.
Noto um Divaldo preocupado, que não demora a revelar sua estranheza com o tema da palestra. Diz ter preparado outro assunto.
– O tema foi objeto de nossas correspondências – digo-lhe, na tentativa de fazê-lo recordar-se. – Fique, no entanto, à vontade – tranquilizo-o.
Ao assumir a tribuna, Divaldo utiliza apenas os primeiros quinze minutos para tratar do tema anunciado: a figura admirável de Cairbar Schutel. A memória não o levou mais longe. Em seguida, passa, em seu estilo eloquente, ao assunto para o qual se havia preparado.
Tempos depois, revejo-o em São José do Rio Preto, no Entrade, Encontro de Trabalhadores e Dirigentes Espíritas promovido pelo Grupo Espírita Bezerra de Menezes, uma instituição sem vínculos federativos.
Divaldo se encanta com um jovem palestrante que o antecede e confidencia-me:
– Como ele é tranquilo ao falar em público. Acho admirável isso, eu não consigo ser assim.
Surpresas?
Todo ser humano tem duas faces visíveis: a da realidade, um pouco mais restrita, e a da imagem, mais desafiadora. A primeira, acessível a poucos, a segunda, escondendo mais do que mostrando, ao contrário do que muitos imaginam.
É impossível evitar a construção do mito naqueles que alcançam projeção social por seus feitos e tão impossível quanto compreender o cotidiano do homem mitificado através apenas de sua imagem.
Os mitos midiáticos são diferentes; nascem sem raízes.
Aécio, amigo de juventude e quase materialista, interpelou-me, certa vez, em tom crítico, sobre a rotulação excessiva do médium Chico Xavier. Referia-se ao mito em construção, mas estava incomodado com a imagem.
Os espinhos da realidade, por entre os quais todos, muito ou pouco, caminham, parecem ferir menos quando dialogamos com o mito ou com a imagem, pois mito e imagem, por sua natureza, distanciam-nos momentaneamente da realidade para nos acomodar no terreno do sonho, das expectativas e das possibilidades.
O homem se faz médium; os homens constroem o mito. A vida os acolhe.

Wilson Garcia (E) e Divaldo Pereira Franco no Congresso Internacional de Espiritismo,
em 1989, em Brasília. Ao fundo, os escritores Nazareno Tourinho e Suely Caldas Schubert.


***************


Poema de Gratidão
Amélia Rodrigues- Divaldo Pereira Franco


Acessar aqui:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário